Saltar ligações

Lagoinha

image_content
image_content
image_content
image_content
image_content

Lagoinha

45,00 Desde

Um percurso circular com caminhos e paisagens realmente únicas

  • Maio 2024
  • Se
  • Te
  • Qu
  • Qu
  • Se
  • Do
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
+
+

Por favor escolha uma data

Descrição

Neste percurso circular, os caminhos são habitualmente pedregosos e de tonalidade amarela, devido à sua origem na pedra pomes (única pedra que flutua na água). Frequentemente vêem-se obsidianas (ou vidro vulcânico), pedra semi-preciosa de cor negra e arestas aguçadas, empregue em joalharia. Passa por uma vereda, talhada pelos homens, animais e factores erosivos, onde uma galeria abobadada de árvores o impede de ver o sol durante alguns minutos. No chão terroso e húmido crescem fetos e estranhos cogumelos e musgos. Ouvimos, no meio da vegetação, a curiosa estrelinha, o melro-preto e os pombos. Cruza pequenos afluentes, alguns secos, de uma ribeira que nasce mais acima. Pelo caminho, um pouco inesperadamente, esperam-no alguns pés de angelica lignescens e de sanicula azorica herbáceas endémicas dos Açores Na descida é levado até junto das ravinas da Ribeira de Além, com os taludes repletos de vegetação natural, onde pequenas “janelas”, permitem observar o profundo vale desgastado pelo tempo e pela água, e a paisagem impressionante da vegetação, com espigos-de-cedro (arceuthobium azoricum) que crescem sobre o cedro-do-mato, no meio de uma amálgama de outras espécies de grande valor patrimonial.

• Calçado adequado
• Corta-vento
• Camera
• Água

Duração: 3hrs, 7Km

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Lagoinha”